E xs namoradinhxs?

Olá habitantes do Mundo do Ro, td bem com vcs?

O assunto de hoje é relacionamento e se eu fosse vc lia esse texto até o fim e depois compartilhava com os amigos, familiares e afins.

Com certeza vcs já devem ter ouvido essa pergunta de algum familiar ou amigos, e na maioria das vezes não sabemos o que responder ou não nos sentimos confortáveis, seja por timidez, seja por não se sentir à vontade para responder a verdade a quem te perguntou ou simplesmente por vc não julgar necessário expor seus relacionamentos com as pessoas.

Para discutirmos um pouco sobre ter ou não alguém na sua vida eu convido vcs a assistirem a um vídeo. Ele foi feito pela Youtuber JoutJout baseado no livro “A Parte Que Falta” do escritor Shel Silverstein em que o escritor fala sobre faltas.

Se vc ainda está por aqui, e ainda possui coragem a continuar lendo deve ter entendido que muito vezes sentimos falta de coisas ou pessoas e vivemos uma busca insaciável em preencher esse “vazio”.

Vamos a seguintes perguntas:

Vale a pena sentir tanta falta de algo ou alguém?

Será que existe esse sentimento no sentido contrário?

Até aonde vc iria para preencher esse vazio?

Pare por um instante e reflita com vc mesmo.

(…)

As respostas não são simples e nem fáceis de serem ditas e muitas vezes nos questionamos sobre o que temos feito. E discussões sobre relacionamentos são cada vez mais comuns e muito por conta dos avanços das tecnologias que criaram sociedades isoladas.

De uma lado temos os tradicionais que dizem que devemos nos relacionar com outras pessoas para constituirmos família, uma solução criada pela sociedade para não terminar na velhice sozinhos.

Por outro lado temos os modernos que dizem que devemos viver livres e aproveitarmos a vida como quisermos, dizendo que relacionamento deve ser algo fluido e sem rótulos.

Tanto no vídeo quando no livro a mensagem que fica é que muitas vezes corremos atrás de algo que não é o melhor pra gente e o que temos não valorizamos e isso faz nos faz perder tempo com situações que não nos trazem o que realmente precisamos.

Muitas vezes devemos valorizar quem somos e o que realmente nos faz bem, olharmos o que nos “completa” de verdade e não da forma que queremos.

E se formos pensar sobre esse questão de completar alguém ou não iremos longe nessa conversa.

Mas acho que o que eu queria dizer já disse, e espero continuar essa conversa com vcs nos comentários ou em um próximo bate papo do Ro caso vcs quiserem.

Comentem, compartilhem, deem likes e não se esqueçam de seguir minhas redes socais para acompanhar novas postagens e minhas peripécias. kkkkkk

  1. Eu adorei a matéria! Muito bem escrita e de fácil entendimento! Eu já tenho algumas dessas cores e modelos! Minha…

Fim de Ano…

Olá pessoal, tudo bem?

Estava com saudade de vcs, daí eu resolvi vir aqui.

Esse ano, foi um ano de muitas mudanças e muitas geraram resultados bom e outras nem tanto.

Neste ano tivemos momentos de grande efervescência de ideologias e ao mesmo tempo de caos.

Eu não vou fazer uma retrospectiva, pq isso a #Globo já faz e eu não quero ser redundante neh, mas quero apontar momentos desse ano que marcaram a vida geral e a minha em específico. Só tem um detalhe, não vai ser em ordem cronológica e sim como uma conversa de vó, em que conforme ela vai se lembrando o fatos são contados.

Neste ano tivemos as temidas e as tão esperadas eleições (S-O-C-O-R-R-O) foi quase um deus nos acuda por todos os lado, mas até o momento o caos está controlado.

Eu visitei a os estúdios de Jornalismo da Globo São Paulo e deixei tudo registrado para vcs lá no meu #Instagram.

Teve Demi Lovato vai pra reabiitação, Fifty Harmony se separa, Despacito do Luis Fonsi foi a música mais ouvida no Youtube,

Realizei a cobertura do Planeta Rock 2018 aqui em Rio Preto e foi massa demais.

Reorganizei o site e suas redes sociais para que vcs ficassem mais próximos a mim.

Cheguei a 1K no Instagram e no Twitter e as visualizações continuam subindo.

Viciei em Ariana Grande e não consigo parar de postar músicas dela nas redes sociais.

Mamis e eu fomos à exposição do Castelo Ra-Tim-Bum e relembrei infância e muita coisa e tbm registrei tudo o insta e que já viu me amou ou quis me matar pelo Spoiller que eu dei. (Sorry, kkakakka)

Não posso esquecer dos eventos que fiz e os lugares que visitei e levei vcs comigo, está tudo lá no Instagram tbm.

Foram alguns job, uns freelancer, parcerias e muito mais que esse ano de 2019 irão fazer muita diferença.

E como foi o ano de vcs?

Contem pra gente.

  1. Eu adorei a matéria! Muito bem escrita e de fácil entendimento! Eu já tenho algumas dessas cores e modelos! Minha…