Desapegar

Segundo o dicionário desapegar é: fazer perder ou perder o envolvimento, a dependência ou o compromisso com; afastar(-se), libertar(-se).

Pois eh, no decorrer da vida vamos nos tornando acumuladores de coisas, roupas, objetos, lembranças e pessoas….e tudo isso vai se transformando em um enorme fardo pesado q acabamos carregando em nossas costas no decorrer da vida.

E durante a pandemia e em decorrência de diversos acontecimentos em minha vida, acabei percebendo q precisava me desapegar de muitas coisas.

Comecei então com roupas, sapatos e fiz diversas doações, como me fez bem saber q pessoas estariam recebendo tais pertences e podendo fazer melhor uso do q eu.

Depois comecei a desapegar de objetos da minha infância q ainda carregava comigo e percebi o qnt eu já havia crescido e o qnt eu mudei ao longo dos anos….foi emocionante

Livros, acho q foi o momento mais difícil é o desapegar de livros, pois muitos faziam parte de minhas memórias, de momentos muito importante de minha vida, mas q não fazia mais sentido continuar carregando tais volumes, separei então vários e mais uma vez me senti bem em saber q alguns tiveram destino certo e iriam ajudar outras pessoas a estudar ou aprender algo, e outros iriam ser reciclados e fazer bem ao planeta.

Por fim entrei em um momento de muita reflexão e olhar e mim mesmo e perceber quem eram as pessoas q eu deveria deixar pelo caminho, e me senti só. Não pq estava sozinho, mas sim pq ao contrário da ilusão q estava rodeado de pessoas, percebi q na verdade existiam bem poucas q realmente estavam ali qnd precisava. A vida então mostrou sua pior face e vi então o qnt muitas pessoas q diziam e fazia mil coisas querendo estar comigo, na verdade, estavam apenas por algum interesse ou conveniência.

Notei q muitos já haviam até mudado de número, me retirado de suas redes sociais e me descartado como um simples objeto. A vida mostra o qnt somos pequenos e não somos nada.

Foi então q olhei novamente para a pandemia e vi q o vírus tão pequeno e tão ínfimo mudou a vida de milhares e pessoas, e então percebi novamente o qnt somos frágeis e o qnt nos sentimos fortes e superiores para nutrir um ego e uma ilusão q não trazida à tona, dói, fere e machuca mais do q qualquer coisa deste mundo.

Pois eh, desapegar faz bem para deixar pra trás td akilo q carregamos desnecessariamente no percurso da vida e aprendermos a dar valor ao q realmente importa, mas tbm ajuda a dar novo frescor e saber q podemos descobrir pessoas novas, aprender mais e crescermos e evoluirmos ainda mais.

Desapegar do velho homem e desconstruímos os preconceitos e os arquétipos sociais e sermos realmente quem somos e aonde queremos chegar.

Eu sei q eh um texto pesado, mas espero q ele ajude vc a perceber se não está carregando peso demais nas suas coisas.

Bjux de luz, gratidão e até mais.

Fim de Ano…

Olá pessoal, tudo bem?

Estava com saudade de vcs, daí eu resolvi vir aqui.

Esse ano, foi um ano de muitas mudanças e muitas geraram resultados bom e outras nem tanto.

Neste ano tivemos momentos de grande efervescência de ideologias e ao mesmo tempo de caos.

Eu não vou fazer uma retrospectiva, pq isso a #Globo já faz e eu não quero ser redundante neh, mas quero apontar momentos desse ano que marcaram a vida geral e a minha em específico. Só tem um detalhe, não vai ser em ordem cronológica e sim como uma conversa de vó, em que conforme ela vai se lembrando o fatos são contados.

Neste ano tivemos as temidas e as tão esperadas eleições (S-O-C-O-R-R-O) foi quase um deus nos acuda por todos os lado, mas até o momento o caos está controlado.

Eu visitei a os estúdios de Jornalismo da Globo São Paulo e deixei tudo registrado para vcs lá no meu #Instagram.

Teve Demi Lovato vai pra reabiitação, Fifty Harmony se separa, Despacito do Luis Fonsi foi a música mais ouvida no Youtube,

Realizei a cobertura do Planeta Rock 2018 aqui em Rio Preto e foi massa demais.

Reorganizei o site e suas redes sociais para que vcs ficassem mais próximos a mim.

Cheguei a 1K no Instagram e no Twitter e as visualizações continuam subindo.

Viciei em Ariana Grande e não consigo parar de postar músicas dela nas redes sociais.

Mamis e eu fomos à exposição do Castelo Ra-Tim-Bum e relembrei infância e muita coisa e tbm registrei tudo o insta e que já viu me amou ou quis me matar pelo Spoiller que eu dei. (Sorry, kkakakka)

Não posso esquecer dos eventos que fiz e os lugares que visitei e levei vcs comigo, está tudo lá no Instagram tbm.

Foram alguns job, uns freelancer, parcerias e muito mais que esse ano de 2019 irão fazer muita diferença.

E como foi o ano de vcs?

Contem pra gente.

  1. Eu adorei a matéria! Muito bem escrita e de fácil entendimento! Eu já tenho algumas dessas cores e modelos! Minha…