Yellow Ribbon – Setembro Amarelo

September 10 is the World Suicide Prevention Day, and in Brazil September is the month where we talk about suicide prevention and mental health. Around the world they use the Yellow Ribbon to talk about this campaign and in Brazil there is Setembro Amarelo.

I would like to ask permission to talk about this subject even though I am not a health professional, psychologist, psychiatrist or psychoanalyst. It’s too important for me this month and will make me feel better if I can help someone with this text.

Life is hard. The world is cruel. People have been losing their hope. We know, but we need to be strong in order to survive this war. Augusto Cury said, “No one can hurt you more than you can hurt yourself”

People don’t like to talk about this topic, me neither, every time I see, say or write something about suicide, I cry because I think how depressed and hurt a person can be to end their own life. However is very important discuss about it and help people get through this,

Life is so short, don’t lose you time paying attention in other opinion, we are not able to please everyone. There will always be someone to criticize or judge anything. And if you give attention for them, they will feel strong to hurt others.

We have been pass through hard times, the Coronavirus Pandemic put us in bad situation and self-isolation, so it’s time to spread and share positive energy, good vibes and tell that we survive of this. We are strong to don’t listen bad comments.

Be yourself, be proud of who you are, you are the only one and nobody can be you.

Don’t keep inside you bad feeling, if you are not ok, ask for help, talk with someone you trust. I think there should be good organization in your town prepared to give you a positive word. Please, don’t feel weak about seeking help from therapists or other mental health professionals. Weakness is doesn’t be honest with yourself and lie to yourself that everything is ok.

We are human, we feel afraid, loneliness, insecurity and this makes us unique and gives us the ability to evolve and grow. Let’s make this world a better place, let’s share love and kindness.

#PrideMonth – Welcome to Valley -Ep 4

Hello, guys

Today I’m here to continue the serie of videos, in this video of Welcome to Valley – Ep4, I gonna talk about Gender Identity

Do you know what Gender Identity is? There is 3 types of Gender Identity and in this video I’ll gonna tell you which are and the diference, so watch, like and comment about.

Just for note.

There are 3 Gender Identity

Cis-Gender, Transgender and No-Binarei

Leave here in the comments what you think of the video and send me on instagram DIRECT any doubts and questions you may have.

#PrideMonth – Welcome to Valley -Ep 3

Hello, guys

Today I’m here to continue the serie of videos, in this video of Welcome to Valley – Ep3, I gonna talk about biologic sex

In this video I’m gonna star to talk about the types of Biologic Sex and the importance to know the diference between them.

Just for note.

There are 3 Biologic Sex

Male, Female and Intersex

Leave here in the comments what you think of the video and send me on instagram DIRECT any doubts and questions you may have.

#PrideMonth – Welcome to Valley -Ep 2

Hello, guys

Today I’m here to continue the serie of videos, in this video of Welcome to Valley – Ep 2, I gonna talk about sexuality, sexual orientation and gender identity

In this video I’m gonna star to talk about the first step to understand the differences about biologic sex, sexual orientation and gender identity. So open your mind, listen all the sequence and if you have any doubt, ask me on email or instagram direct.

Just for note.

Biologic Sex is male or female, this classification is about anatomy.

Gender Identity is how you see yourself, how you identify who you are.

Sexual Orientation is about with whom you will going to related, in sexual meaning.

Leave here in the comments what you think of the video and send me on instagram DIRECT any doubts and questions you may have.

#PrideMonth – Welcome to Valley -Ep 1

What’s up everyone.

I’ve already said it here, but it’s always worth repeating that in June, the LGBTQIA+ Pride is celebrated. For this reason, I’m producing several special content to commemorate this very important date.

One of these content will start in June and will continue for the next ones, which is the Welcome to the Valley, videos in which I will talk about sexual orientation, gender identity, prejudice and then issues that you have doubts.

As usual, the videos are in a conversation format and always in a simple and straightforward language to make it easier for everyone to understand.

Then check out the first video of Bem Vindo ao Valley.

Leave here in the comments what you think of the video and send me on instagram DIRECT any doubts and questions you may have.

Feliz dia dxs…

Dia dos pais se aproximando e comecei a pensar sobre diversas questões sobre a data…muitas vezes chego a pensar q as pessoas falam tanto de dia dos pais e das mães de uma forma tão linda e romântica o q na realidade eh bem diferente.

Falo disso pq sei de muitos q foram criados por avós, tios e afins e esses fazem papel de pai e mãe e não recebem nem um terço do carinho social.

Eh minoria q dia 26 de julho perdeu um minuto do seu dia pra ligar a suas avós parabenizando-as pelos seu dia…e essas em grande maioria fazem papel de vó, mãe e pai por ausência desses no processo de criação e educação de seus filhos.

Falo isso pq eu não tenho pai, na forma masculina tradicional, mas tive um avô q fez papel de pai da melhor forma q ele pode e tenho uma avó q até hoje faz papel de mãe mesmo eu tendo minha mãe presente e afins.

Minha avó sempre foi vó e mãe pra cuidar, ajudar na minha criação, educação, aconselhar e me apoiar nas mais variadas loucuras q passam em minha mente inquieta. E ela sempre fez isso com excelência e maestria jamais negando um acolhimento ou uma palavra amiga qnd minha mãe me dizia “pergunta pra sua avó, o q ela acha pq ela tem mais experiência de vida q eu e pode dar uma opinião mais segura”.

Então qnd me perguntam o q eu comemoro no dia dos pais ou dia das mães eu digo q eu comemoro amor, família…união pois eh o q todos nós deveríamos comemorar, pois o termo pai ou mãe eh pequeno demais pra representar td o q a responsabilidade social q a função exige.

Além disso as datas como dia das mães e dias dos pais para mim hoje são muito comerciais, algo q perde o lado emocional/sentimental do laço familiar. Foca-se muito na questão genética de pai e mãe e se oculta o verdadeiro sentido de ser pai e mãe de uma criança ou um jovem.

Vamos começar a ampliar esse pensamento primitivo e começar a entender melhor as relações afetivas familiares.

Espero q tenham gostado do texto, comentem comigo o q acharam.

Um bju e até mais. FLW

AFFS!

E 2020 chegou com incêndio na Amazônia

Coronvírus

Dollar nas alturas

Quarentena

Problemas do governo com auxílio emergencial

Atentado a pessoas negras por policias aqui e no mundo

Nuvem de gafanhoto destruindo plantações

Ciclone bomba deixou várias regiões do Sul destruídas

Casos de peste bubônica/H1N1/ebola e afins…

População morrendo pelo contágio do Covid-19

Comerciantes e pequenos empresário passando por apertos financeiros

Diversos eventos cancelados e prejuízos para empresas, artistas e empregados por todo o país

E se pararmos pra pensar por uns instantes num citei nem metade do q aconteceu no país e no mundo só esse começo de ano…

E uma pergunta simples: será q qnd td isso terminar, vamos sair melhores do q entramos?

Como diz minha vó “pelo andar da carruagem” não…

Só sei q num quero nem ver qnd os E.T chegarem e assumirem o controle da raça humana

Flw, pra vcs AFFS!

Os dias eram assim…

Esses dias tem acontecido manifestações por parte da população e do presidente da república pedindo retorno da ditadura, retomada do AI – 5 dentre outras atrocidades referentes ao período conhecido como ditadura militar.

E a pergunta q eu faço aki em primeiro lugar eh: Quem em plena noção do q foi a ditadura e estudou um minimo q seja da história do Brasil pede por algo como esse?

Depois eu ainda pergunto, essas pessoas além de não terem noção do q foi esse período, sabem q muitas vezes elas mesmas podem estar na linha de frente do alvo dos militares?

Possivelmente a respostas a duas perguntas devem ser NÃO.

Para não dizer q estou apenas me baseando nos livros de história, vamos então citar filmes como Zuzu Angel, O que eh isso, companheiro, O dia que durou 21 anos….e posso citar mais recente uma minissérie chamada ‘Os dias eram assim”, e todos esse títulos retratam em comum o q foi o a ditadura militar no Brasil por diversos olhares e perspectivas.

Mesmo assim eu vou dizer em algumas palavras o q foi esse período – Tortura, Censura, Retrocesso, Massacre, Opressão e Escuridão.

Sem exageros e nem demagogias estou apenas citando os principais adjetivos q fazem referência ao q foi a ditadura militar.

E daí eu refaço a pergunto q fiz a cima, depois de ler tais palavras pesadas e sombrias vc ainda acha q isso seja a solução para nosso país?

Eu quero focar em algo mais moderno então vou falar sobre a minissérie “Os dias eram assim” q retratou de uma forma verídica mas com os romances intercalados o q foram os dias sombrios q representavam a ditadura, e começa essa descrição já na música da abertura… Perdoem a cara amarrada Perdoem a falta de abraço Perdoem a falta de espaço Os dias eram assim…

vamos analisar bem superficial as estrofes q começam a canção Aos nossos filhos…

Cara amarrada representa aki angustia, medo, tristeza….a cara sempre fechada.

Falta de abraço pois as pessoas começaram a ter medo de viver e ter contato umas com as outras por conta a opressão q os militares faziam ao verem pessoas agrupadas nas ruas

proporcionando a falta de espaço para se viver, se conversar, ser livre…pois os dias eram assim….entendem q nem precisei aprofundar muito sobre os versos para dizer o q está sendo representado…assistam o clipe e prestem a atenção na letra q se discorre por dentro os versos

Lembrando q durante esse período morreram artista, jornalista,empresário, deputados e a lista eh longa demais para ser citados aki os muitos q foram mortos ou q estão até hoje dados como desaparecidos…e grande parte dos q sofrera foram mulheres, negros, índios e a comunidade LGBTQ num geral…

Daí eu pergunto a vc novamente, ainda faz sentido apoiar o retorno de algo q só causou dor e sofrimentos a diversas famílias por todo o nosso país?

Pense, leia, se integre, procure saber uma pouco mais sobre o q foi esses anos de chumbo e depois reflita consigo mesmo se isso eh de fato a solução para os atuais problemas, não se esqueça q os dias eram assim…

Comente aki com a gente o q vc achou de alguns desses filmes, da minissérie, algum livro, música enfim o q vc quiser trazer para contribuir de forma positiva a esse texto e as demais pessoas…

Vou deixar um link aki de um site em q vc pode ter acesso a muitos conteúdos tbm em http://memoriasdaditadura.org.br

Até mais….

Em frente…

Esse ano começou do avesso com muita coisa em tão pouco tempo e o período de quarentena tem deixado tudo mil vezes pior fazendo as emoções ficarem a flor da pele.

Pois eh meus amores, esse ano aprendi q a solidão eh amiga e tem se feito uma constante companhia….muitas vezes eh ela quem está do nosso lado mesmo qnd estamos em meio a uma multidão.

Aprendi q as pessoas se enganam e mentem a si mesmas e não medem as consequências q isso causa nas demais pessoas e advinham, passei por isso.

E sabe a dor da perda eh algo q fere, machuca e nos deixa meio perdidos qnt a nossas ações, mas eh algo q nos da força a nos reinventar e assim seguir em frente…

Seguir em frente eh a melhor opção sempre, seja qnd alguém se vai, faz a passagem ou tem q se despedir por algum outro motivo…qnd perdemos algo ficar ali remoendo sobre o q aconteceu e buscar solução não adianta.

Não existe solução para fim, para adeus, para até quem sabe um dia…ahhh como isso eh pesado, e vamos convir q a pior de todas eh “nos vemos por aí” NÃO DIGAM ISSO, PLEASE!

Deixar esse ar de esperança eh pior, sejam verdadeiros, sejam honestos e deixem tudo as claras faz bem para td mundo, além de tirar peso de culpa q criamos em nos mesmo.

Esse texto tem como objetivo aconselhar, orientar e sei lá compartilhar tbm um pouco do q eu passo assim como vcs na minha tediosa vida.

Espero vcs até o próximo e quem quiser pode me mandar a historia ou comentar sobre isso aki nos comentário.

Bjux de lux

Mudanças exigem atitude!

Esse dias ouvindo Esquadros da cantora Adriana Calcanhotto alguns versos declamados descrevem muito sobre mim…

“Eu ando pelo mundo, divertindo gente, chorando ao telefone…”

durante minha trajetória de vida eu sempre fiz quem estivesse a minha volta dar belas risadas e se sentir feliz, mas essa mesma pessoa, já passou varias noites chorando antes de dormir por simples falta de auto compreensão…

E por algum tempo isso foi mais presente e recentemente os motivos mudaram mas as reflexões retornaram, e resolvi então fazer um mapeamento do q estava acontecendo e listar o q eu precisava fazer pra melhorar minha situação.

A grande frase q tenho em mente eh “para q se ocorra mudança, deve-se dar o primeiro passo”

Mudança acontecem qnd a gente decide ser mais quem somos e focar em qual nosso objetivo de vida e saber q viemos pra esse mundo não só pra construir nossa história mas pra ajudar a construir a de outras pessoas tbm.

Estar ali disposto a ajudar e estar aberto a conversar com as pessoas nos faz pessoas melhores, e foi isso q eu decidi fazer, estar disposto a ser alguém melhor baseado no q eu acreditava e no q eu esperava q as pessoa fosse pra mim.

Confesso q não eh fácil, pois muitas vezes somos tratados de forma q não gostaríamos mas eh assim q mostramos as pessoas como se fazer a diferença.

O mundo está precisando de pessoas q fazem diferença…nós precisamos acordar e mudar as nossas atitudes antes q seja tarde demais.

Pense um pouco sobre isso…penso no mundo q vc quer para as futuras gerações e o q vc tem feito pra q ele seja melhor….

  1. Eu adorei a matéria! Muito bem escrita e de fácil entendimento! Eu já tenho algumas dessas cores e modelos! Minha…